Prefeitura age para resolver problema do bairro Tijolo Cru

Do(a) Ascom por Ascom | Publicado em 30/03/2021 às 18:20

Prefeitura age para resolver problema do bairro Tijolo Cru

O bairro do Tijolo Cru localizado às margens do rio Ingá, conta com boa estrutura de pavimentação, saneamento básico e até poço artesiano no logradouro público conhecido popularmente como "Praça de Maro Boi", que atende a população nos momentos difíceis de seca. O tradicional e simpático bairro é formado basicamente pela bifurcação de duas ruas paralelas, que se encontram ao longo da praça em forma triangular e segue afunilando em direção à antiga Queijeira de Zé Porfírio, margeando o rio até o limite da via pública denominada rua José Joaquim de Melo.

 

A pavimentação e saneamento básico já existem há cerca de 20 anos, no entanto carece de manutenção constante.

[caption id="attachment_144427" align="alignleft" width="696"] Local onde o problema de canalização se apresenta com mais intensidade.

Além dos entupimentos periódicos que ocorrem devido a detritos e lixos que se acumulam no dia a dia, há um problema crônico antigo no encontro das canalizações localizado na altura da residência do falecido Sr. Biu, onde há um bueiro de desemboque destas canalizações, que segue cruzando seu terreno particular, passando por uma antiga canalização que foi danificada ao longo do tempo, seguindo ainda em direção ao rio, canalização esta que estava aterrada e não dava vazão às águas pluviais causando transtornos em período chuvoso, como ocorreu esta semana.

O prefeito Robério Burity informou que ficou a par da situação recentemente, por meio de mensagens de whatsapp enviadas por moradores, através de contato com o vereador Jacquelino de Redeiro. E desde então, o prefeito autorizou ao setor de compras urgentes providencias no sentido de adquirir manilhas suficientes para instalação no local e resolver em definitivo este problema que se arrasta há anos.

Porém, devido a situação de fechamento das atividades econômicas e comerciais nesta semana de medidas restritivas em combate a proliferação do coronavírus em todos os estados do país, as manilhas não poderão chegar de imediato, estando previsto para a próxima terça-feira (06/04). No entanto, atendendo aos apelos, em especial ao vereador Jacquelino que levou as reivindicações dos moradores pessoalmente, o prefeito Robério entrou em entendimento com os secretários Vinícius e José Bacalhau, no sentido que deslocassem a máquina da prefeitura que estava em outro serviço no município, a fim de escavar o canal que passa nesta propriedade particular, com autorização dos proprietários, no sentido de dar vazão de imediato às águas pluviais e esgotamento.

Este serviço paliativo foi feito nesta manhã de terça-feira (30), tendo a situação resolvida de forma temporária na urgência que o caso requer, enquanto aguarda a chegada das manilhas. A vala temporária tem de ficar sob vigilância constante da Secretaria de Infraestrutura a fim de monitorar as barreias laterais para que não caiam em excesso e volte a bloquear a passagem da água. Portanto, a prefeitura agiu emergencialmente para socorrer a população, mas a solução duradoura deste problema no saneamento só a partir da próxima semana.

Ascom

 


Mais Lidas